Resenha: A mais pura verdade – Dan Gemeinhart 

  

Título: A mais pura verdade 

Autor: Dan Gemeinhart 

Páginas: 224 

Classificação: 5 estrelas 

Sinopse: Nunca é tarde demais para viver a maior aventura da nossa vida!

Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha. Mas, em certo sentido – um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram. Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça. 

A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.

Mark tem 12 anos e tem câncer. Sua doença volta, e, vendo que ele poderá morrer, ele resolve realizar o seu sonho, e uma promessa que fez. Quando o seu avô morreu, ele falou que queria muito escalar o monte Rainier, (que pra quem, assim como eu queria saber como é o monte você pode saber sobre ele clicando aqui) e disse que era pra ele prometer, que um dia ele iria escalar o monte. Promessa é dívida, já se diz o ditado, então, ele queria escalar a montanha, nem que essa fosse a última coisa que ele faria na vida dele. 

Uma coisa somente que me encomodou as vezes no livro era ele achar que ele não precisava de ajuda de ninguém, pra nada. E isso é bem chato porque você não consegue fazer quase nada sem a ajuda de ninguém, sem o apoio, ou alguma coisa assim. 

Ele resolve então fugir, com Beau, seu cachorro, um vira-lata, com a pele mista entre um marrom claro e um marrom escuro, e com um olho verde e um castanho (fiquei morrendo pra querer ver um cachorro assim um dia). São mais de 500 quilômetros para ele chegar até a montanha. A única pessoa que sabe para onde ele foi, é Jess, sua melhor amiga, porém, eles prometeram não contar nunca, para ninguém. 

O livro é contado por duas perceptivas, a do Mark e a da Jess (que também conta as vezes com o pai e a mãe do Mark). Os capítulos do livro não são pequenos, mas não são aquela coisa enormes, ate porque o livro não é grande. Mas se você esta querendo um livro que tenha capítulos pequenos não recomendo este. 

Eu ouvi falar bastante desse livro, mas nunca procurei ver nenhuma resenha ou alguma parte da história do livro, nem a sinopse, porque isso de certa forma, me deixa com mais expectativas do livro e eu acabo não gostando de muita coisa pelo fato de criar muita expectativa. 

O livro então vai contar desde a época que o Mark fugiu de casa até o que aconteceu no final do livro. 

A mais pura verdade é um livro que fala sobre a̠m̠o̠r̠, a̠m̠i̠z̠a̠d̠e̠, o̠ m̠e̠d̠o̠ q̠u̠e̠ a̠s̠ p̠e̠s̠s̠o̠a̠s̠ t̠e̠m̠ d̠e̠ f̠a̠l̠a̠r̠ q̠u̠a̠l̠q̠u̠e̠r̠ c̠o̠i̠s̠a̠ p̠a̠r̠a̠ q̠u̠a̠l̠q̠u̠e̠r̠ p̠e̠s̠s̠o̠a̠, a̠ m̠a̠i̠s̠ p̠u̠r̠a̠ v̠e̠r̠d̠a̠d̠e̠ d̠a̠s̠ c̠̠o̠̠i̠̠s̠̠a̠s̠. É um livro que contém a̠m̠i̠z̠a̠d̠e̠, c̠o̠m̠p̠a̠n̠h̠e̠i̠r̠i̠s̠m̠o̠, c̠o̠n̠f̠l̠i̠t̠o̠ i̠n̠t̠e̠r̠n̠o̠, c̠o̠n̠f̠i̠a̠n̠ça̠… 

Não tem muito o que falar do livro porque não tem muito como falar do livro. É um livro perfeito, que muitos podem achar bobo, mas é muito bom. O livro me fez refletir muito, e ver também que cachorros são uma das melhores coisas que o ser humano pode ter. 

Recomendo muito o livro, muito mesmo, mesmo que essa resenha tenha ficado ruim e eu não tenha falado muito do livro, ele é muito bom. 

Autor 

            
Eu nasci em Frankfurt, Alemanha – mas só porque meu pai estava no Exército. Minha família se mudou muito quando eu estava crescendo, então eu fui para uma escola diferente quase todos os anos, até que eu estava no ensino médio. Este foi difícil, mas também me deu um monte de experiências interessantes e provavelmente acabou fazendo de mim uma pessoa mais forte, mais confiante. Eu terminei o ensino médio em Kennewick, Washington, onde eu conheci essa garota chamada Karen. Eu tinha uma grande paixão por ela. Felizmente para mim, o esmagamento foi eventualmente mútuo. Então eu fui para a faculdade na Universidade de Gonzaga, em Spokane, Washington, onde estudei história e como ser um professor. Quando me formei, casei-me com aquela garota chamada Karen (e nós ainda estamos casados ​​hoje). Depos, nos mudamos para Wenatchee, Washington, onde eu tenho um trabalho de sonho como um bibliotecário. Minha esposa é uma professora de Inglês na cidade vizinha de Cashmere, onde vivemos. Minhas três filhas são uma constante fonte de risos e sonolência. Eu escrevi durante dez anos antes de finalmente chegar o meu primeiro livro publicado, mas foi totalmente pena todo o trabalho e toda a espera. Eu não acredito em desistir e não acho que você deve, também.

Livros publicados 

– The Honest Truth (A Mais pura verdade) 

Anúncios

4 pensamentos sobre “Resenha: A mais pura verdade – Dan Gemeinhart 

  1. Adorei a resenha gata ja anotei o nome do livro na minha listinha de livros que pretendo ler. Seu blog é muito lindo, todo o sucesso do mundo pra ti.
    Se quiseres conhecer me blog: semquerereu.com

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s